cartaz 25 de abril

«25 de Abril, Sempre!»
História da Revolução dos Cravos

Apresentações em Localidades e em Escolas de Todo o País…

O Evento Mais Eficaz e Económico para Apresentações em Escolas, para alunos do 4º ao 12º Ano de Escolaridade

«25 de Abril, Sempre!» é um evento artístico, com uma componente histórica, pedagógica, contemporânea e interativa, escrita por Nuno Miguel Henriques, professor e criador cultural, com estudos universitários em História e filho de Militar de Abril, que estará presente nos espetáculos e faz um “prólogo sobre a história recente do país”.

Tem uma abordagem imparcial do antes e depois da Revolução dos Cravos de 1974.

Os factos que levaram o país a ter um regime ditatorial e o Estado Novo, os movimentos anti-regime, António de Oliveira Salazar, Humberto Delgado, o Ultramar, a Guerra Colonial, as Revoltas dos Estudantes, Marcelo Caetano, a Criação da Televisão, as Tentativas de Golpes de Estado, A Censura, a Polícia Política, A Noite das Noites, A Poesia de Abril, o 24 e o 25 de Abril, o 11 de Março, o 25 de Novembro, as Contra-Revoluções, os Capitães de Abril, O MFA, os Partidos Políticos, A Crise, os Governos Provisórios e de Iniciativa Presidencial, as Eleições, Os nomes como o Capitão Salgueiro Maia, o Otelo Saraiva de Carvalho, Mário Soares, Vasco Gonçalves, Pinto Balsemão, Álvaro Cunhal, Vasco Lourenço, Melo Antunes, Sá Carneiro, Freitas do Amaral, Costa Gomes e tantos outros protagonistas e episódios da época são trazidos ao palco nesta peça de teatro.  As personagens-tipo são essencialmente populares e militares, que nos levam a viajar pelos acontecimentos históricos que marcaram esta geração.
Os Locais, Os Sons, as Ruas, A Democracia, a CEE, o Crescimento Económico, a Expo 98, o fim da Administração Portuguesa em Macau e acontecimentos recentes como, por exemplo, o Euro 2004, a entrada do FMI e da TROIKA em 2011 em Portugal, o Centenário das Aparições de Fátima, a Geringonça, a Eleição do Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, são abordados nesta peça de Teatro Português, onde são representados factos até ao ano de 2020.

O 25 de Abril, ou a Revolução dos Cravos, passou a ser, com a distância de quatro décadas, bem como pela celeridade dos acontecimentos recentes da globalização, uma temática menos apaixonante e por vezes até incompreendida. Por isso mesmo, tentamos hoje de uma forma simples e eficaz transformá-la em algo compreensível aos estudantes.

O antes e o depois, com a história concisa e rigorosa dos acontecimentos do Estado Novo, a sua implementação e queda, a Segunda Grande Guerra, as Crises Coloniais, os Movimentos Separatistas, a Guerra Colonial, o General sem Medo, as tentativas de Golpes de Estado, a Ala Liberal, o Professor Oliveira Salazar, o Marcelismo e vários Nomes Notáveis ligados ao pré-25 de Abril de 1974, das várias correntes ideológicas, são referenciados durante a representação por atores profissionais, reconhecidos pelo seu talento, versatilidade e grande dimensão artística.

A Mocidade Portuguesa, PIDE/DGS, a Censura, a Liberdade, a Televisão e Rádio Pública, as consequências da Primavera Marcelista, o General Spínola, o MFA, os Militares de Abril e temáticas como o PREC, as Nacionalizações, a Reforma Agrária, as Milícias Populares, as Sessões de Esclarecimento, os emergentes Partidos Políticos e as Eleições Livres, merecem também destaque durante este espetáculo original.

A Revolução do 25 de Abril teve consequências sociais, culturais e de valores que ainda hoje se refletem no nosso quotidiano, sendo abordadas neste evento de características pedagógicas, mas que também se destina ao grande público.

O evento tem histórias, curiosidades, imagens, sons e recordações para o público experimentar durante toda a representação, interpretada por um elenco de atores profissionais, licenciados e de qualidade.

A entrada no espaço também terá características peculiares, relacionadas com a temática histórica que dá o mote a este evento criativo e artístico, com a duração de aproximadamente uma hora, estando agendadas representações em em Lisboa, Coimbra, Castanheira de Pera e Porto, entre muitas outras.

Produção: TEATRO ABC – Companhia Nacional de Teatro Português
Autoria e Direção: Nuno Miguel Henriques (Professor e Autor de diversos sucessos teatrais e obras pedagógicas, com mais de 25 anos consecutivos de atividade cultural. Licenciado em Psicologia Social, além dos estudos universitários em História, Protocolo, Marketing e Ação Social.)

25 de Abril, Sempre!
Apresentações em Localidades e em Escolas de Todo o País…

O Evento Mais Eficaz e Económico para Apresentações em Estabelecimentos de Ensino, do 4º ao 12º Ano de Escolaridade em Todo o País.

 Lisboa: 17, 27 e 28 de Abril de 2020
Porto:
23 e 24 de Abril de 2020
Castanheira de Pera
(Distrito de Leiria): 16 de Abril de 2020
Coimbra:
22 de Abril de 2020

Horários das Sessões: 10.30 | 11.45 | 14.30 horas

Bilhetes desde apenas 3,90 euros por aluno, sendo os pioneiros e seniores nestes domínios didáticos de teatro histórico contemporâneo em Portugal.

Deslocações a Escolas e Localidades de todo o Continente e Regiões Autónomas, a agendar individualmente, com valor por sessão, a acertar caso a caso, consoante data, espaço cénico, número de participantes e localidade, garantindo-se sempre o valor mais barato de eventos profissionais artísticos congéneres.

Informações/ Reservas:

www.teatroabc.pt

Telefones: 211987471 | 275332294 |  289031776969069398

Wsap: 00351969069398

Correio Eletrónico: info@teatroabc.pt

Um Compromisso com a Excelência.
Duas Décadas e Meia a Trabalhar em Todo o Território.